manter-o-controle-financeiro

Como manter o controle financeiro após a abertura de uma empresa?

Manter o controle financeiro após abrir uma empresa é fundamental para que o seu negócio não entre para as estatísticas de falência. Segundo pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 60% dos empreendimentos fecham as portas antes de completar 5 anos.

 

Viu só como o mau controle financeiro ou a falta dele pode afetar uma empresa? Isso acontece porque é necessário manter uma constante observação sobre a saúde financeira, algo que muita gente pode achar que não é tão importante em um primeiro momento.

 

Para garantir o sucesso da sua empresa, confira o conteúdo que preparamos para saber como manter o controle financeiro após a abertura. Vamos nessa?

 

Leia também: Contabilidade digital para o comércio: conheça as soluções da PBA Contabilidade.

O que é controle financeiro?

Estamos falando de uma série de ferramentas utilizadas para avaliar a situação econômica das empresas. O controle financeiro auxilia no equilíbrio das finanças, na análise das despesas e gastos, em investimentos e na criação de reservas de emergência. 

 

Para entender a importância de manter o controle financeiro após a abertura de uma empresa, continue a leitura. Vamos mostrar algumas dicas valiosas para que você possa implementar.

 

Institua o fluxo de caixa

O primeiro passo para manter o controle financeiro envolve uma atenção especial para o fluxo de caixa da sua empresa. Uma ferramenta de gestão que requer o registro de, literalmente, tudo o que entra e sai de dinheiro, nem que seja apenas uma bala.

 

As informações coletadas são capazes de mostrar como anda a saúde financeira da empresa. Porém, o processo deve ser feito e seguido à risca. 

 

Separe custos e receitas

Depois de instituir o fluxo de caixa é hora de separar custos e receitas. Toda empresa precisa lidar com uma gama de gastos que podem ser divididos em:

 

  • Custos fixos: não dependem do quando a empresa conseguiu produzir em determinado tempo. Exemplo: aluguel, folha de pagamento, entre outros.
  • Custos variáveis: estão conectados à produção, como: matéria-prima e impostos.

 

As receitas também precisam de atenção. Organize e separe em categorias como investimentos, vendas à vista, vendas a prazo, etc. Dessa forma, é preciso fazer um controle detalhando cada um dos valores, mesmo os menores, como os cafezinhos. 

 

Planeje os pagamentos e recebimentos

A gestão de contas a pagar e a receber é fundamental para a empresa se manter em dia com suas obrigações. Depois dessa análise, fica mais fácil implementar o capital de giro, que pode ser entendido como a diferença entre os recursos disponíveis em caixa e a soma das despesas e contas a pagar.

 

Mas afinal por que o capital de giro contribui para manter o controle financeiro após a abertura de uma empresa?

 

O capital de giro é uma das ferramentas que garante a saúde financeira de uma empresa, proporcionando:

 

  • Manutenção e controle de estoque;
  • Recursos de financiamento ao clientes;
  • Assegura o pagamento de fornecedores, impostos, salários, de despesas e custos operacionais.  

Avalie o desempenho

A coleta de dados e informações precisa terminar em um relatório que possa avaliar o desempenho da empresa. Dessa forma, é possível tomar decisões embasadas nas necessidades do negócio e não em intuições. Além disso, pode-se tomar novos rumos ou corrigir a rota. Portanto, nada melhor do que fazer uma avaliação mês a mês.

 

Faça o balanço patrimonial

O balanço patrimonial é um método que avalia a situação financeira de uma empresa da forma mais clara e precisa. Para tanto, é preciso considerar todos os ativos e passivos como bens, dívidas, lucro, entre outros. Geralmente, é elaborado a cada doze meses, mas isso não impede que seja realizado com menos diferença de tempo.

 

Ativos são os bens, direitos e recursos de um negócio que geram valor, como equipamentos, estoque e contas a receber. Já os passivos são o oposto, todas as despesas, obrigações e dívidas contraídas pela empresa. 

 

Confira o artigo: Certificado Digital: Saiba o que é e a importância para o seu negócio.

Ajuda especializada para manter o controle financeiro após a abertura de empresa

Depois de ver como é possível manter o controle financeiro após a abertura da sua empresa, a dica é contar com a ajuda especializada de quem tem experiência comprovada na área.

 

Conheça a PBA Contabilidade! Somos uma empresa com mais de 20 anos de excelência para dar suporte e apoio a você. Com a filosofia de romper barreiras, humanizar os relacionamentos e manter constante acompanhamento, atendemos nossos clientes considerando as necessidades específicas de cada um.

Entre em contato e fale com a gente.

Gostou do artigo? Então aproveite para seguir as nossas redes sociais e acompanhar novos conteúdos no blog. Continue a leitura: Controle de fluxo de caixa para comércio: Conheça a importância e dicas para estruturar corretamente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo