declaracao-de-renda-pessoa-fisica

Declaração de Imposto de Renda 2022: conheça as novidades

O protagonista da carga tributária brasileira é o Imposto de Renda (IR). Anualmente, cerca de dezenas de milhões de brasileiros precisam fazer a declaração e com as mudanças iminentes no IR 2022, é importante conhecer as novidades.

 

A Câmara dos Deputados já aprovou a reforma do Imposto de Renda e, caso ela passe no Senado, ela ainda pode entrar em vigor neste ano. Isto geraria uma série de alterações, como na faixa de isenção, na redução de desconto e mais uma várias mudanças em alíquotas e novas incidências.

 

Se você ainda não sabe das mudanças que podem ocorrer na declaração do Imposto de Renda 2022, este artigo vai te explicar os principais detalhes! Então leia com atenção até o fim e conheça as novidades! Tenha uma boa leitura!

Imposto de Renda 2022: quem precisa fazer a declaração?

O Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) possui uma série de requisitos que definem sua obrigatoriedade. Precisa fazer a declaração o indivíduo que:

 

  • Recebeu qualquer rendimento tributável superior a R$ 28.559,70, derivado de trabalho assalariado, não assalariado, aposentadoria, pensão, aluguel ou similares;
  • Realizou alienação de bens ou direitos em que foi apurado qualquer ganho de capital que esteja sujeito ao IR;
  • Recebeu valores isentos superiores a R$ 40 mil;
  • Mudou-se para o Brasil em 2021 e encontrava-se em território nacional no dia 31 de dezembro de 2021;
  • Teve faturamento superior a R$ 142.798,50 derivado de atividades rurais;
  • Fez operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros, ou semelhantes;
  • Teve posse ou propriedade, durante o último dia do ano de 2021, de bens ou direitos  de valor acima de R$ 300 mil.

 

Atenção: basta que uma pessoa física cumpra um desses itens, e a declaração do Imposto de Renda torna-se obrigatória. Não é necessário se enquadrar em todos os requisitos.

Imposto de Renda 2022: conheça as novidades principais!

Se você cumpre com alguma das exigências que citamos acima, você precisa declarar o IR neste ano. Sendo assim, veja as mudanças que podem entrar em vigor caso a reforma seja aprovada pelo Senado!

Faixa de isenção do IR

A dúvida provavelmente mais comum em todos os anos de declaração de Imposto de Renda, é sobre o limite de isenção.

 

Atualmente, quem recebe até R$ 1.903,98 por mês não precisa declarar, e quem tem salário superior a esse valor, é obrigado a fazer a declaração. A expectativa, no entanto, é que essa faixa mude, subindo para R$ 2,5 mil.

 

Esse aumento no teto de isenção, que corresponde a mais de 31%, faria com que cerca de 5,5 milhões de brasileiros deixassem de ser obrigados a declarar o IR 2022, caso entre em vigor na declaração deste ano.

Desconto máximo para declaração simplificada

Ao declarar o Imposto de Renda, muitos contribuintes optam pela declaração simplificada, que é a opção que traz o benefício do desconto de até 20%.

 

Esse desconto é de “até 20%”, porém, e não de “exatamente 20%”, porque ele não pode ultrapassar o valor de R$ 16.754,34. 

 

Caso as mudanças propostas pela reforma tributária entrem em vigor, a redução do valor recolhido será ainda mais limitada, com um novo desconto máximo de R$ 10.563,60, uma redução de quase 37%.

 

Para o brasileiro que espera receber uma restituição superior a esse valor, a declaração simplificada deixa de ser uma opção vantajosa.

Taxação de lucros e dividendos

Os lucros e dividendos, desde 1995, não são taxados no Brasil. Isso pode mudar na declaração do IR 2022, caso o Senado aprove em breve o projeto que também visa mudar o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ).

 

A proposta de reforma feita pela Câmara idealizava que lucros e dividendos fossem taxados em 20%, mas a alíquota foi reduzida para 15%. O que não foi alterado durante o trâmite é a ausência de uma faixa de isenção neste caso.

 

Leia mais: Quais são os impostos que uma empresa deve pagar?

Imposto de Renda sobre distribuição de lucros

Por falar em faixa de isenção, uma série de empresas não precisam recolher o IRPJ em 2022 sobre a distribuição de lucros. 

 

O benefício, que, no projeto inicial da reforma, seria exclusivo a empreendimentos que aderem ao Simples Nacional como regime tributário, foi estendido a micros e pequenas empresas também do Lucro Presumido.

 

Essa isenção como um todo também é parte do projeto que está em trâmite no Congresso Nacional e, naturalmente, precisa da aprovação para ser aplicada neste ano.

 

Leia também: Perdi o prazo de adesão ao Simples Nacional, e agora?

Alterações no valor de bens imóveis

Qualquer mudança feita no valor de um imóvel na declaração do Imposto de Renda 2022, como de praxe, ainda será taxada. A diferença, porém, é que esse valor deve cair drasticamente com a aprovação da reforma tributária.

 

O valor que, nos últimos anos, taxava de 15% a 22,5% sobre os valores novos dos imóveis, deve cair para 4%, o que é um grande incentivo para o mercado imobiliário como um todo.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022?

Pouca coisa mudou nos meios para fazer a declaração do IR neste ano. Se você já declarou no ano passado, use esses dados para fazer a de 2022. Agora, se esta é sua primeira vez recolhendo o Imposto de Renda, confira o nosso passo a passo:

 

  1. Entre no site da Receita Federal e faça o download do app ou programa da DIRPF 2022 para o seu computador ou celular, de acordo com seu sistema operacional;
  2. Selecione a opção para criação de uma nova declaração, já que você não tem uma anterior para usar de referência;
  3. Preencha seus dados pessoais conferindo um a um com os documentos originais em mãos;
  4. Se você tiver uma ideia do valor de restituição que você pode receber, avalie se a declaração simplificada é a melhor opção para o seu primeiro Imposto de Renda;
  5. Complete o restante do formulário com suas informações financeiras. Fique atento a detalhes a respeito de dependentes, rendimentos e pagamentos, pois isso pode influenciar no valor que será restituído!
  6. Revise várias vezes antes de enviar!

Minha declaração do Imposto de Renda 2022 está muito complicada, o que faço?

Se seu ano foi muito agitado em termos de movimentações financeiras, ou se existe qualquer tipo de mudança no Imposto de Renda 2022 que está confusa demais para você, não tem problema! A solução ideal para evitar problemas com o Fisco é obter apoio especializado de uma consultoria tributária. Sendo assim, é hora de conhecer os serviços da PBA Contabilidade!

 

Somos uma contabilidade digital que trabalha com os mais modernos sistemas, ainda que oferecendo um atendimento humanizado e dedicado. Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar você com sua gestão tributária!

 

Para conferir mais conteúdos como este, visite as nossas redes sociais e o nosso blog! Continue lendo: Reforma tributária – como vai afetar os médicos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo